A salvação das finanças da sua empresa pode estar no seu arquivo morto!

Crédito tributário – o autofinanciamento a custo zero!

arquivo-morto

E o arquivo morto!?

O arquivo morto se tornou uma fonte de recursos para essas empresas, já que naquele amontoado de papéis, podem estar escondidos créditos fiscais e outros ativos. Pode-se começar por fazer um levantamento dos créditos extemporâneos e, posteriormente utilizá-los no pagamento de tributos.

Erros contábeis, mudanças da lei ou decisões dos tribunais superiores contribuem para o reconhecimento, pelo Fisco, de que a empresa pode ter pagado impostos a mais.

Tanto no caso das empresas com boa saúde financeira, que não querem se submeter às garras das instituições bancárias, quanto àquelas que não sabem onde nem como buscar crédito para financiar suas operações, a solução pode estar muito mais perto do que se imagina e melhor, com custo praticamente zero.

Alguns podem questionar: Mas porque o arquivo morto? A resposta é simples: Em épocas de vacas gordas as empresas não se preocupavam com custos. Hoje, com a crise batendo à sua porta, o empresário está dando total importância ao planejamento.

O levantamento dos créditos fiscais deve ser feito no arquivo morto (verdadeira mina de ouro) da empresa dos últimos 5 (cinco) anos, pois após esse prazo, dividas e pagamentos de impostos e contribuições caducam.

Depois de realizado o levantamento dos créditos tributários e de uma profunda análise da legislação, a empresa utiliza o crédito integralmente realizado na via administrativa, sem a aplicação de qualquer procedimento ou tese jurídica.

Veja os benefícios da recuperação dos impostos:

  • O pagamento de honorários ocorrerá somente se forem identificadas oportunidades e realizar o crédito de tributos para a empresa;
  • Todo crédito pleiteado decorrerá da verificação individualizada das notas fiscais e dos procedimentos fiscais utilizados na apuração dos tributos;
  • Levantamento completo de créditos fiscais referentes aos últimos cinco anos e orientação em suas compensações;
  • Risco zero para a empresa, tendo em vista que se o recolhimento foi efetuado de forma indevida a restituição do imposto é permitido pela Receita Federal;
  •  Recuperação média de valores entre 2 a 5 por cento do faturamento da empresa.

A falta de fluxo de caixa fechará a sua empresa em 2020!

Muito empresário tem dado folego ao seu fluxo de caixa com levantados os créditos tributários que sequer sabia de sua existência em seus arquivos, aproveite você também essa oportunidade! E sabe o melhor? Você paga nosso serviço somente se forem identificados os créditos!

Deixe seu telefone que entraremos em contato!